Descubre el futuro de las finanzas en América Latina y el Caribe

The future of finance in LatAm & the Caribbean

O futuro das finanças na América Latina e no Caribe

Wise firma parceria com Swift para oferecer pagamentos internacionais a bancos e empresas

set 22, 2023

Por Antony Pinedo

1090X564 - 2023-09-21T160944.737

Facilitar as transferências de divisas entre os países é um tema que sempre volta à pauta. Nesta semana, contamos como a Wise e a Swift se uniram para ajudar empresas e bancos a agilizar seus pagamentos internacionais. "A inovação está muitas vezes ligada ao afastamento das redes tradicionais", nos explicou a Wise.

A fintech Wise e a rede de pagamentos internacionais Swift firmaram uma parceria para oferecer uma nova e mais rápida opção de pagamentos internacionais para bancos e empresas no Brasil. Desta forma, o neobanco inglês diversifica a sua oferta na América Latina, amplamente focada no consumidor de varejo.

Resolver os problemas dos pagamentos internacionais é uma tarefa pendente para a indústria financeira, por isso, as empresas que conseguem criar soluções nesta vertical estão atraindo a atenção dos fundos de investimento. Nessa linha, o acordo entre Swift e Wise visa a reduzir comissões, aumentar a velocidade das transferências e simplificar integrações técnicas por meio de APIs com entidades financeiras e corporações.

“Enquanto as redes tradicionais exigem que o dinheiro seja movimentado através de vários correspondentes, cada um recebendo uma parte, com a solução de serviços de correspondência, a Wise se torna o único intermediário para pagamentos internacionais, o que reduz instantaneamente os custos para os clientes”, respondeu a Wise por escrito às perguntas de iupana.

Wise Platform é o produto fintech voltado para clientes empresariais que permite enviar e receber pagamentos pela rede Swift.

“Sabemos que os bancos enfrentam custos significativos e barreiras operacionais para melhorar os pagamentos transfronteiriços. A inovação está muitas vezes ligada ao afastamento das redes tradicionais, mas isto é complexo, demorado e muitas vezes irrealista para grandes instituições financeiras”, explica Wise.

Acompanhe as tendências de bancos digitais, pagamentos e fintechs na América Latina

Junte-se aos líderes mundiais em tecnologia financeira que leem os relatórios da iupana